Energia Solar Fotovoltaica: Conceitos e Aplicações

Ritelli Berticelli, Ricardo Lauxen, Alexandre Binato, Gustavo Corbellini Masutti, Luis Kaufmann Rodrigues

Resumo


A atualização da matriz energética nacional e mundial, por meio da mudança das formas de geração que utilizam fontes não renováveis de energia, como termoelétricas, para formas que utilizam fontes renováveis de energia, como a fotovoltaica, é urgente. Devido às mudanças climáticas sofridas pelo planeta, existe a necessidade de utilizarmos formas de geração que sejam ambientalmente amigáveis. Para tanto, estudos a respeito do assunto em Instituições de Ensino Superior são relevantes, pois contribuem para o aprimoramento tecnológico da forma de geração, bem como contribuem na capacitação dos profissionais das áreas da Engenharia no tema. Este artigo, que resulta da fase inicial de um projeto de pesquisa envolvendo a otimização de sistemas de geração de energia fotovoltaica, desenvolvido na Universidade de Cruz Alta – UNICRUZ, sistematiza informações sobre o sistema de geração de energia fotovoltaica, apresentando o seu panorama atual, discutindo a forma de geração, e trazendo aplicações por meio de estudos de casos. 

Texto completo:

PDF

Referências


ANEEL, 2005. Atlas de energia elétrica do Brasil. Disponível em: . Acesso em: 31 mai. 2017.

ANEEL. 2015. Aneel amplia possibilidades para micro e minigeração distribuída. Disponível em: . Acesso em: 22 ago. 2016.

ANEEL. 2008. Energia Solar. Disponível em: . Acesso em: 21 ago. 2016.

BÖER, K. W. The Photovoltaic Effect. In: (Ed.). Survey of Semiconductor Physics: Springer Netherlands, v.2, 1992. cap. 21, p.701-719. ISBN 978-94-010-5293-1.

BRAGA, R. P.; 2008. Energia Solar Fotovoltaica: fundamentos e aplicações. UFRJ, 80 p.

COSTA, H. S.; ARAÚJO, K.; NETO, G. C. “ÁGUA DO SOL” – USO DA ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA NA PEQUENA IRRIGAÇÃO DE BASE FAMILIAR NO SEMI-ÁRIDO BRASILEIRO. Avances en Energías Renovables y Medio Ambiente. v. 10, 2006.

FUSANO, R.; 2013. Análise dos índices de mérito do sistema fotovoltaico conectado à rede do escritório verde da UTFPR. UTFPR, 94 p.

GESELLSCHAFT, F. S. D. Planning and installing photovoltaic systems: a guide for installers, architects and engineers. Earthscan Publications Ltd., 2008. ISBN 1844074420.

KAUFMANN, G. V.; 2012. Avaliação do potencial de geração solar fotovoltaica e análise em tempo real da operação de um painel fotovoltaico instalado na cidade de Lajeado/RS. Univates, 66 p.

LYNN, P. A. Electricity from Sunlight: An Introduction to Photovoltaics. John Wiley & Sons, 2010. 238 ISBN 978-0-470-74560-1.

REIS, L. B.; SANTOS, E. C.; 2014. Energia Elétrica e Sustentabilidade: aspectos tecnológicos, socioambientais e legais. Editora Manole. São Paulo, 2ed., 262 p.

RÜTHER, R.; SALAMONI, I.; 2011. O potencial dos setores urbanos brasileiros para a geração de energia solar fotovoltaica de forma integrada às edificações. Fórum Patrimônio, v. 4, n. 1, p. 84-94.

SAWIN, J. L.; 2012. Renewables 2012. Global Status Report. Renewable Energy Policy Network for the 21st Century. REN21, p. 251.

TOLMASQUIM, M. T. Energia Renovável: Hidráulica, Biomassa, Eólica, Solar, Oceânica / Mauricio Tiomno Tolmasquim (coord.). – EPE: Rio de Janeiro, 2016.

VILLALVA, M. G..; Gazoli, J. R.; 2012. Energia Solar Fotovoltaica. Editora Erica. São Paulo, 224 p.

WANDERLEY, A. C. F.; Campos, A. L. P. S.; 2013. Perspectivas de inserção da energia solar fotovoltaica na geração de energia elétrica no Rio Grande do Norte. Holos, v. 3, p. 3-14.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.